Aprenda como fazer divulgação para lojas de roupas

A divulgação para lojas de roupas pode parecer um trabalho óbvio, mas não é. Com certeza, vale a pena investir em fotos nas redes sociais — principalmente no Instagram— mas há muitas táticas e processos por trás dessa e de outras formas de divulgação necessárias para o sucesso da sua loja. Neste texto, listaremos as melhores estratégias e dar algumas dicas sobre elas.

1. Criar um blog

Não importa se a sua loja de roupas é virtual ou física. Ter um blog que ajude os clientes com dicas de moda é uma ótima maneira de chamar a atenção, até mesmo, de pessoas que nunca ouviram falar de sua loja.

Ao aplicar estratégias de marketing digital e produzir conteúdo — como textos ou vídeos com dicas de looks para situações específicas — seu blog pode ser encontrado por pessoas que estão fazendo buscas no Google como “looks de inverno 2017”.

Outra vantagem dos conteúdos com dicas de moda, é que você pode mostrar diferentes combinações com suas peças, algo bem mais atrativo do que apenas exibi-las individualmente. 

Vale lembrar que trabalhar com textos no blog é apenas uma das maneiras de veicular essas dicas na internet. Criar um canal no YouTube também pode ser uma ótima opção se você tiver recursos ou tempo disponível para isso.

Para que você tenha mais tempo para trabalhar em seu negócio, a dica é contar com a ajuda de uma agência de marketing digital especializada em SEO para a construção do blog e elaboração do planejamento estratégico.

2. Fotos dos produtos

Muitas lojas físicas acham que não precisam se preocupar com elementos online, mas isso é um grave engano.

Você mesmo, quando faz uma compra online, provavelmente pesquisa em mais de um site para ter certeza de que vai comprar um determinado produto pelo menor preço possível, não é mesmo?

Quando falamos de roupas, isso é ainda mais importante, visto que não são só os preços que mudam de loja para loja, e sim os próprios produtos. Por isso, lojas físicas que deixam de criar um catálogo online acabam perdendo destaque para a concorrência.

As pessoas já estão pesquisando por roupas na internet. Você quer mesmo que elas pulem a sua loja porque não há fotos suficientes das suas? 

Crie seu catálogo e faça uma atualização periódica do mesmo. Se você tem um e-commerce, veja por que as fotos são fundamentais para o sucesso dele.

3. Redes sociais

Como dito no começo, postar fotos das roupas no Instagram funciona, mas há muito mais que isso. Veja mais!

Atendimento ao público

É nas redes sociais que o seu público terá contato direto com a loja com maior praticidade, seja por meio de um comentário em um post, ou enviando uma mensagem direta. 

Ter uma equipe capaz de tirar as dúvidas e resolver problemas do público é fundamental.

Com esse tipo de atendimento, você pode evitar que alguém vá até a sua loja apenas para descobrir que não há mais uma peça do tamanho P, por exemplo, ao mesmo tempo em que oferece a possibilidade de entrar em contato para informar sobre a reposição do item.

Tratar o público com atenção é uma das maneiras de conquistar clientes fiéis.

Rodízio de postagens​

Abusar de um só tipo de postagem não é uma boa estratégia. Promoções são legais, mas postar apenas isso pode desvalorizar a imagem da marca. 

Promover seus produtos o tempo todo também pode dar a impressão de que sua loja está tentando empurrar tudo para cima dos clientes o tempo inteiro. Assim, a melhor forma de agir nas redes sociais é alternar os tipos de posts publicados — e até a maneira com que eles são produzidos. 

Crie um cronograma de postagens que alterne entre a divulgação de conteúdo do seu blog ou canal do YouTube, e a divulgação de produtos e promoções.

Outra coisa que pode ser feita é a mudança do formato de mídia dos posts. Ao invés de postar apenas fotos dos produtos, que tal mostrar um vídeo de alguns segundos exibindo uma ou mais peças?

Ações e promoções

Algumas lojas apostam na interação com o público para expandir o alcance de suas marcas, e isso não é muito complicado de ser feito quando estamos falando de roupas.

Fazer concursos, ações ou promoções, com o uso de hashtags para estimular o seu público a tirar foto das suas peças, pode ser uma boa maneira de chamar atenção para o seu negócio.

4. E-mail marketing

Muitos dos seus clientes também são seguidores de suas redes sociais, mas não é bom depender apenas delas para alcançar a sua audiência. Isso, porque mudanças de layout, políticas de uso ou até mesmo a estagnação e encerramento de uma rede social podem acontecer. 

Nos anos 2000, por exemplo, uma rede social chamada MySpace era extremamente popular nos EUA, mas perdeu toda a sua força enquanto o Facebook se popularizava. 

As razões são as mais variadas, mas a questão é a mesma: depender exclusivamente de uma plataforma que não é controlada por você não é uma boa ideia e o seu negócio pode perder muitos seguidores com uma eventual transição.

Crie uma lista de e-mails que possa ser usada para a veiculação de newsletters, promoções e outros tipos de mensagens relevantes para os seus clientes.

Essa é, até mesmo, uma boa forma de aumentar a visualização dos conteúdos produzidos no blog da empresa.

5. Remarketing

Talvez você nunca tenha ouvido falar de remarketing, mas com certeza você já foi alvo dessa estratégia.

O remarketing consiste em exibir anúncios específicos para uma pessoa que interagiu com a sua empresa ou na internet de alguma forma.

Se alguém visita seu texto sobre looks para o inverno de 2017, por exemplo, é possível configurar um anúncio com remarketing que mostre peças dessa coleção da sua loja.

Uma boa estratégia de remarketing aumenta, bastante, as suas chances de venda, visto que ela faz com os anúncios mais adequados apareçam para as pessoas que já demonstraram algum tipo de interesse em seu negócio.

6. Contratação de modelos

“O barato sai caro”. Esse é um velho ditado que vale bastante para o segmento da moda! Mostrar que uma roupa veste bem e dar uma sensação de totalidade é algo que valoriza bastante a beleza da peça. Fazer isso sem modelos e fotógrafos profissionais não é impossível, mas é bem difícil.

Contratar pessoas despreparadas pode até ser, ainda, pior, visto que a roupa pode ser exibida de um ângulo não muito bom, ou não valorizar certos aspectos do corte por conta de uma pose inadequada.

Profissionais especializados e empresas, como o For Models, podem lhe ajudar a contratar profissionais por um bom preço com pouca burocracia.

Qual é o tipo de sensação que você quer que as fotos de seus produtos causem? Lembre-se bem disso antes de contratar alguém para posar!

Quer contratar modelos lindas com diferentes estilos, com um preço bom (sem pagar comissão), e de uma forma rápida? baixe o app ForModels, não cobramos nada, você pagará só o combinado com a modelo.

7. Parcerias

Sua loja vende apenas roupas? Que tal fechar parcerias com outros empreendimentos de tamanho similar que vendem produtos complementares?

Lojas de acessórios, calçados, bolsas e maquiagens são boas opções. As possibilidades são bem variadas:

  • Divulgação de conteúdos e produtos dos parceiros em redes sociais;
  • Lançamento de coleções em conjunto;
  • Divisão de custos para ensaios fotográficos; 

Alcançar o público da outra loja é uma ótima oportunidade de expandir os seus negócios, sem contar que em alguns casos o “look completíssimo” também pode aumentar as chances de vendas.

Gostou das nossas dicas de divulgação para lojas de roupas? Como você costuma fazer na sua empresa? Compartilhe a sua experiência aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *